domingo, 6 de setembro de 2009

Homen viciante está na moda.

E como resistir a falar desse 'tal’?! Ele é convencionalmente convencido... Você não sabe o que ele quer, nem de onde ele surgiu, não sabe como ele chega, só sabe quando não está presente. Parece que ele fica no lugar mais inacessível, assim como as peças de um aparelho que precisam de manutenção.
Você não sente nada por ele, só a incessante angústia de querer saber o que está por trás daqueles olhos, intensamente vivos, disfarçados no vermelho natural, escondido pelo escuro de seus óculos.
Você não quer ele pra você, só quer saber o gosto das suas palavras, e se elas te farão rir, só quer testá-lo, e ver se ele peca em alguma coisa apesar de saber que ele reuni mais ou menos 5 pecados vivos nele. E apesar de ele não ser um rascunho e sim uma obra completa, você deseja botar um ctrl+v seu na vida dele, só pra guardar qualquer lembrança por mais frágil que seja. Ele é juvenil, mas nem tanto, não se sabe definir entre homem, menino, ou rapaz.
Você nunca se importa, deixaria ele levar tudo de ti, esquecendo de tempo, e de qualquer que seja a especialidade minimalista que possa atrapalhar esse momento. E sabe que ele não vai te procurar, mas crer com toda força que ele irá sim, e que gamará no se beijo.
Mas enfim... Essa hipótese é um enigma, e você pode até querer que só a morte os separe, mas no fim você sabe que homens viciantes, não são descartados, nem descartáveis, eles apenas descartam!

8 comentários:

Andrea Carolino disse...

Quem nunca se apaixonou por um homem viciante que atire a primeira pedra!!

Aquele que vc sabe que não futuro algum. Tem certeza da sua vulnerabilidade. Afirma quero só um biejo... Mas no fundo, no fundo, sonha em "prender" o Don Juan!

hehehehehehehehehe

Fernanda disse...

e mesmo nos descartando sempre a gente continua apaixonada por eles...acho que é por que eles são mais interessantes.

Priscila Mondschein disse...

É o melhor vício... adoooooooro!
;)
Beijo

Matheus Chatack disse...

Na minha terra chamam isso de tesão. Ou então eu entendi tudo errado.

Rebeca disse...

Ai ai, como eu me identifiquei!
Acabei de sair de um relacionamento com um 'homem viciante'! Hahahaha
Concordo com tudo o post! :)

beijinhos!

Beta disse...

Independente do que aconteça temos sempre que ter alguns números de homens viciantes em nossa agenda!rs

bjkas

shaaa disse...

selinho lá blog pra vc!!

beijo

Luna Gandra # disse...

é incrivel, que às vezes a gente não sabe o que a gente quer com eles, mas temos a consciência de que queremos algo com eles. adorei esse seu texto !
;*