segunda-feira, 13 de outubro de 2008

O amor ♪


É o amor. O amor em si não! Também envolve; paixão, atração, desejo, o sentimento de inabalável, de total importância, de cumplicidade e de união (seja ela de corpos, ou de almas, ou até de corpos e de almas ao mesmo tempo).


Quando tudo se torna irrefutável, quando nada é irreversível e tudo é possível. Completa mistura de sensações das quais nunca sentimos, porém conhecemos perfeitamente bem, pois chega a nós sempre de maneiras diferentes, ‘entre tantos (a)’ querendo passar a mesma mensagem.


Ah! Viva as trocas de olhares, as noites de sonhos perfeitos, primeiros carinhos, primeiras descobertas incrivelmente maravilhosas que parecem lhe completar em tudo, primeiros momentos, primeiras confidências como se o companheiro (a) fosse a pessoa mais confiável que existe, descoberta dos primeiros defeitos, complicados, contudo perfeitos, defeitos que você sabe muito bem como contornar.


COMPATIBILIDADE TOTAL, mesmo que pensem diferente e tomem atitudes opostas diante das coisas, você sente que tem tudo pra dar certo. É quando três semanas de convivência aparentam uns anos de tanto entenderem e conhecerem tudo do outro. Porém tudo se torna mais lindo quando quatro anos se resumem a um mês onde você se surpreende a cada hora, quando você explode de felicidade a qualquer gesto, quando você chora de insegurança, e se morde de ciúmes como se estivesse vivendo aquilo pela primeira vez. É quando você tem certeza que encontrou aquela pessoa que te faz ver que diante de toda sua experiência continua sendo um total inexperiente, aquela pessoa que te muda todas atitudes e te faz ver o mundo de outra forma, aí você perde toda noção de tudo e é a melhor coisa que te acontece, você não sabe descrever o que senti nem o que pensa, se perde completamente mas é um perder que só te faz ganhar que só te soma coisas boas!


Mais enfim, o que esperamos? Que nosso primeiro amor seja o ultimo? Único e eterno? E se é que desejamos isso, porque não o fazemos real? Cabeça não manda no coração? Verdade ou mentira? Se não acreditamos nisso, porque botamos tanta fé na força de vontade? Porque de uma noite pra outra o que era bom fica ruim? E quando chega o fim?! Ah o fim! Como tudo se transforma? Quem manda nos sentimentos? Existe destino mesmo? Porque olhar pra estrelas pode te trazer forças? Porque todos e sempre fazemos as mesmas perguntas? Essas quais nós sabemos todas as respostas? Será que as folhas que caem no outono são mesmo levadas pelo vento e pra onde são levadas? Será que o vento vai mesmo sem direção? E quando tudo acaba quando menos se espera? Não há como prever! A como se prevenir, se realmente achar que é melhor a prevenção. Há como conseguir o que lhe parece inalcançável? E como saber? Ah são tantas as coisas que ficam sem respostas concretas. O segredo ta em se arriscar, quando não há o que se perder.


Lindo o amor é mesmo! Tremer quando o telefone toca, não consegui dormir sem ouvir aquela voz dizendo que ta tudo bem, sorrir pra todos os cantos, etc. Mais lindo é aquele (a) que acredita que o amor é apenas juvenil, mas juvenil só no espírito, ele está pra todos (a) de quaisquer que sejam sua idade cor e classe. Qual é o mágico segredo da noite? O segredo ta na lua? Por isso é tão adorada e bela?

Viva o amor! Que a tudo resplandece seja pra quem dá ou quem recebe.

Viva o espírito juvenil! Que é forte e tudo acredita ser possível.

Viva a noite! Que tudo reluz apesar de tamanha escuridão. Escuridão essa capaz de te trazer a pior das sensações (medo) mas capaz também de te encher de esperança, afinal depois da noite que pode ser terrível vêm a manhã radiante e no ‘amanhã’ pode tudo mudar!

4 comentários:

Chessbumbus disse...

Hi,

You have a nice blog here! I like visiting it!
I offering you a link exchange - if you accepting it.

My blog:

http://www.chessgambiter.blogspot.com/
Welcome to visit!

Jamile Santos.! disse...

HAUAHAUAHAAUAHAUAHAUAHAUAHAU
seu blog é visitado por emos-etes-americanos-amigos-da-ruiva.!
HAUAHAUAHAUAHAAUAHAUAHA

a verdade é q eu li so o primeiro paragrafo e me deu vontade de chorar.!ai pra nao entrar em total depressao deixei pra la.!
HAUAHAUAHAUAH

beijos sua miseeria.!

Celinho disse...

Sempre fez boas redações, como sempre passando visão de muita experiência né? beijos CeloMaravilha

Juliana Mendes disse...

kkkkkkk ..
pois é Milly..
ele ta dizendo que eu tenho um belo blog e que ele gosta de me visitar..
kkkkkkkkkkkkk¹²³ pode isso? não tenho o blog aa dois dias..
Me poupe!