quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Muriçoca.

A muriçoca é um ser sem razão de existir.
Todos os seres têm sua participação na cadeia alimentar, já a muriçoca, só nos atrapalha e não produz nada de bom.

Gosta de lugares quentes, úmidos e escuros. “Nossas casas nas noites de verão”.

Em geral, apresentam dimorfismo sexual acentuado. “Usando de seus 'artificios' para conquistar o(a) parceiro(a)”.

Em quase todas as espécies elas alimentam-se de sangue de vertebrados. “Sugam nosso sangue, além de fazerem um zumbido agonizante”.

O tamanho varia, mas é raramente maior que 15 mm, o peso dos mosquitos é apenas de 2 a 2,5 miligramas. “Tão pequena que em algumas espécies, quase não enxergamos”.

Eles conseguem voar de 1,5 a 2,5 km/h. “E Deus ainda foi dar asas”.

2 comentários:

Thiago Pacheco disse...

dependendo do nivel de alcool e de sono... muriçoca não incomoda!
kkkkkkkkkkkkk

beijão coisa chata.


ah... a musica você pode parar!

Lais disse...

Poohaaa...adoreeii esse! kkkk...
ODEIOOO muriçocaa! ¬¬