sábado, 7 de fevereiro de 2009

No vai e vem dos vãos!

Se o mar secar, e o vento parar de soprar...
Eu vou continuar a te procurar...
Seja onde for, nas esquinas, nos jornais...
Nas revistas, nos canais...
Mesmo que o tempo que eu tenha seja pouco...
Extravaso o teu relógio, com esse meu jeito louco...
E que o escuro esteja solto...
Eu me procuro em você, e se eu sair, é pra te ver...
Minha vontade é você...
Mesmo com o entardecer eu não deixo de crer...
E nem que eu quisesse te achar em outros olhos, outras mãos, outros corpos...
Não ia ser possível, porque só você traz o abrigo que eu preciso...
Jamais quero te perder de vista, um dia que não te vejo me dá agonia...
Mesmo estando 'longe', eu te sinto perto...
Na minha vida você está presente, é por você que fecho os olhos...
É com você que tenho sonhos, mesmo acordada!


Parceria... RaiMusk & Juholywood

5 comentários:

Alisson disse...

No vai e vem se vão

Ajairon disse...

esse texto me lembrou nossa conversa!!! ainda bem que bateu print dela!
kkkkkkkk

Celinho disse...

Se o mar secar, e o vento parar de soprar...
NÃO HAVERÁ VIDA

tá fofo

Thiago Pacheco disse...

Entendo perfeitamente o que diz. Eu acredito por já ter sentido isso. Mas não posso querer que todos tenham passado pelo mesmo.

Como já vivi isso uma vez, me cobro pra viver outras vezes. Ah... fico feliz pelo comentário, mostra sua sinceridade e isso eu gosto muito em ti.

Em breve nos vemos. Viu!?

Vou te dar um monte de murros!
=)

Beijão minha linda!

Juliana Mendes disse...

ii você jjá tinha comentado nesse texto ..
podia esperar o prox. não!? hehehhe

Beijo