segunda-feira, 26 de julho de 2010

Há um motivo e uma direção pro barco.

Eu fiquei dias, sem saber o que era saudade.
Por momentos, não sabia o que era frio, nem calor.
Pensei estar passando pela solidão, e estava!
Eu não conseguia fazer companhia a ninguém,
nem àquilo que lutava dentro de mim.
Foi quando te vi e tive vontade de atravessar o rio.
Mas eu ainda levava o barco nas costas.
Eu tinha medo de tirar os olhos do meu objetivo.
Eu tinha medo dos obstáculos que apareceriam.
A felicidade enfim havia chegado.
Eu não queria perder tempo preocupada,
com quando isso iria acontecer.
Mas o socorro estava, inesperadamente,
ao alcance da mão.

7 comentários:

Dani Brito disse...

Mas quem disse que seria fácil, né? A gente não dá muito valor ao fácil. A melhor parte é superar os obstáculos se o objetivo valer a pena.
Beijocas

Sil.. disse...

Ju, que saudadeeeeeeeeeee menina.

Não vamos mais nos perder de vista, hum!

Quanto ao seu texto...te deixo algo que acho que tem muito a ver.

A menina tinha sede,
trouxe o cântaro vazio..
Não foi a água que ela queria,
era o rio..

Um beijo imenso pra você!

Lαís Pαmelα :) disse...

Oi Ju, o nome do filme é: Paixão Proibida, um filme de epoca, muito lindo .

Vanuza Pantaleão disse...

Ju, você é das minhas!
Que menina aditivada, gente!Rsrs.

Sim, deve haver um motivo e nós vamos levar esse barco, se possível, bem, mas se não houver outra opção, com força e muita coragem.

Gostei da sua visita, gostei muitooo de você!!!Bjsss

Marina disse...

Hahaha obrigada menina.. vou segui-la.
um bjo.

Deni Maciel disse...

de qualquer jeito
de quaquer modo
ela chega
tem q chegar *-*


ótima semana
e grande abraço


ps.: se vc tiver tuiter.
tenho 2
um em que eu sigo e sou seguido [e vice conversa] @adenilsonfm
e um que só escrevo escrevo escrevo e nem sempre sigo =/
@kibesta

então fique a vontade se quiser sguir lá.
será um prazer.

agora se vc não tem.
num perde nada
kkkkkkk

Ágatha Alves disse...

tudo é tão dificil
mas se acreditarmos, o socorro sempre está ao nosso lado.

Beijão