quinta-feira, 24 de março de 2011

De um lado ou de outro.

Por um lado, naquela segunda-feira eu poderia ter você em minha casa.
Por outro lado, eu dei um UP no meu ego, depois de tão massacrado.

Por um lado, você não havia me ligado.
Por outro lado, eu já liberava meu coração para outras hipóteses.

Não que o outro lado, seja melhor do que um lado.
É só que eles se compensam.
Você só precisa procurar onde está; o ponto da volta do mundo na história.

5 comentários:

Amapola disse...

Bom dia, querida amiga.

Às vezes é preciso sair dos dois lados e dar uma paradinha no meio.
No centro, enxerga-se mais de um lado e do outro.

Um grande abraço.
Tenha um lindo dia, cheio de paz e amor.

ticoético disse...

OLha,foi tanto lado,pra lá e pra cá,que fiquei tonto e me perdi,mas acho que o lado interessante é o lado de cá,por isso,mande "este aí" passear,hehehe,enfim,bela.

abraço !

Daniela Filipini disse...

Quando nada parece funcionar precisamos mudar nossos ângulos de visão. De um jeito ou de outro, as coisas dão certo.

Bill Falcão disse...

Como o pêndulo de um relógio.
Bjoo!!

Flanders disse...

Sempre há o outro lado da coisa, e normalmente a segunda hipótese é que sempre me consola. :)