sábado, 7 de agosto de 2010

I'll Cry. rsrs

Seu melhor amigo já tratava outra mulher como sua companheira.
Eu quero que você seja feliz, mas não precisava ser agora.
Pelo menos, eu não precisava saber!

8 comentários:

Taw disse...

Se não houvesse tendência para que conexões especiais levassem a conflitos, nem seria necessário usar raciocínios para evitá-los...

Hum... o importante é que há felicidade, e a amizade continua, né?

é?

rsrs

legalmente loira... disse...

oi amiga,
super legal.....
mas eu quero saber de tudo...
bjos com carinho..

Camila Paier disse...

Saber da felicidade do outro, e não poder fazer parte dela, é realmente doloroso. Mas acho que passa, e isso nos conforta, com fé, otimismo e esperança. Pode ser, amada?
Um beijo!

Ana Seerig disse...

Olá,

Vim retribuir (tardiamente, mas enfim) tua visita lá no blog! Sei que meu texto ficou um pouco confuso, mas o que eu quis dizer é que, como tu disse, nos importamos com a opinião dos outros, claro que sim, mas não devemos levá-la ao pé da letra e se preocupar à toa, especialmente pela opinião de alguém que é do gênero de pessoa que vive apenas para analisar e criticar a vida alheia...

Sobre o teu texto, bem, é triste sabermos que não estamos compartilhando da felicidade de quem gostaríamos de estar do lado, mas é aquela história, se tu ama mesmo alguém, vai querer que ele seja feliz, mesmo que não contigo...


Até mais! =)

Vitória Kubitz disse...

hmm... texto que me fez pensar sobre a minha própria situação.
Nem sempre é fácil saber da felicidade do outro, mesmo quando o queremos tão bem.
Porque, as vezes, queremos ser a 'companheira'.
Seria esse o caso?

O Garoto do Blog. disse...

É verdade moça existe muitos riscos encima de uma moto não podemos negar...mais a necessidade esta falando mais alto sabe eu preciso da moto pra tentar ganhar um pouco mais de grana pra ajudar melhor minha filinha...Eu pessoalmente não ligo pra moto ou carro não pra mim tanto faz eu adoro andar a pé eu amo caminhar me sinto melhor assim... mais eu preciso da moto se eu quizer ganhar um pouco mais sabe é caso de necessidade mesmo pela minha filinha eu faço qualquer coisa por ela eu corro qualquer risco por ela desde que ela esteje bem...e tentarei me manter vivo sempre e confiando em DEUS que é quem pode mais né...e muito obrigado pelas palavras, precisamos mais de pessoas assim que se importa com a vida é dificio ver isso hoje em dia ninguem ta nem ai pra vida de ninguem, mais vc é especial por pensar assim continue assim ta moça...

Bjs...

Sinceramente: O Garoto do Blog.

Isabele disse...

Só queria um tempo (...)

Déia disse...

É duro e dói mesmo saber certas coisas!
Mas , vai passar!

bj