quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Não é, como eu quiser!

Era fácil controlar meu rosto.
Era fácil saber que expressão mandar pra fora.
Eu estava tola, e por dentro bem histérica.
É uma daquelas situações inesquecivéis em que você não lembra bem como foi.
Foi dificil, foi complicado, e tive que dizer um . Hey. Como vai você?
Como havia dito, foi fácil controlar minha expressão e até meu sorriso.
Mas minhas mãos... Elas tremiam e não recebiam os comandos do meu cerebro.
Quase gritei com elas, mas as respeitei.
Afinal, elas também já estavam com vergonha de ter que contar ao meu coração.
Que eu havia me apaixonado de novo!

11 comentários:

Deni Maciel disse...

uii.
se joga na paixão
mas com consicenica *-*
lindo texto xD

abraço
obrigado sempere pelo carinho
e feliz dia da planta carnivora
vegetariana...
pq todo mundo tm direito a um regiminho ne *-*
ótimo FDS...
[até pq aqui em são bernardo nesta sexta é feriado..uiiii*** ]

- maria elis disse...

se joga na paixão [2]
hi hi.

beijas, jujuba :*

Dani Brito disse...

Aii como é ruim ter que fingir que nada está acontecendo quando por dentro está aquela algazarra descontrolada querendo saltar! Que delicia se apaixonar, eu só odeio o controle...

Paulo Braccini disse...

Agradecendo e retribuindo o carinho da visita. Adorando poder viajar por aqui em suas emoções traduzidas em palavras ... voltando mais vezes ...

bjux para a Cacheada Xonada ...

;-)

Pipa. Agora eu era o herói. disse...

Ver amor onde não tem como profissão pode torná-la uma expert do coração.


Eu queria entender de assuntos do coração.


Te abraço com cuidado

Varcelly disse...

hauahuahau Oi,Ju (desculpa o cabimento,mas não sei qual é o mais íntimo,se é ju ou juju.kkkkkkk).Nossa, primeiro queria dar os parabéns pelo texto que é muito interessante,mostrando esses mono(diá)logos,que temos que nos mesmo.kkkkkkkk Parece muito com as coisas que escrevo,inclusive o texto monogamia é um "resultado" do "não é,como eu quiser!". Segundo, queria agradecer imensamente pelo seu comentário no blog.Acho receber um comentário de alguém que ainda não conheço uma das coisas mais legais proporcionadas pela net.Muito obrigado mesmo. Seria muito interessante se pudessemos conversar mais e quem sabe trocar idéias de textos ou até algumas geniais pra mudar o mundo(eu também as queria ter).kkkkkkkkk
Obrigado mais uma vez, parabéns mais uma vez, pelo texto e pela simpatia.bj

@carolecarol disse...

Own... Gente talentosa é isso !

dear sarah disse...

Rasta maaaaaaaaaaaaaan
adorei! hahahahaha
nossa, eles são tão ... ;x
é, melhor deixar pra lá!


bom final de semana mi amore,
adoro-te!

Déia disse...

uiii que delícia!!

E se elas estavam tremendo, acho q ja sabiam rs

bj

Clara disse...

=) Pois é, a paixão faz até nossas mãos desobedecerem... Muito meigo seu texto!

Isadora disse...

Lindo o que você escreveu. E não é assim quando nos apaixonamos. É como uma descarga elétrica que passa pelo nosso corpo em uma fração de segundos.
Um beijinho