sexta-feira, 28 de maio de 2010

De um certo modo!

De certo modo, estávamos reluzindo exclamação
como dois acentos circunflexos.
Hoje de certo modo, tinhamos tudo pra nos entregarmos.
Pela manhã a brisa era tão leve, e de certo modo estavamos tão livres.
Não tinhamos de certo modo concentração, ao ouvirmos aquelas músicas.
Queriamos ficar perto, você chegou, de certo modo, perto.
Me tocou e me pediu algo, de certo modo, errado
e você nem precisava de permissão.
Seguia de um lado pro outro, enquanto, de certo modo, invertia papéis.
Foi um dia e tanto. É, foi mais um dia, em que, de certo modo, tudo era fantasia.
Há, de certo modo, tanta coisa pra dizer
alguma dia, de certo modo, quem sabe eu fale.
E porquê não agora? Mesmo por entre-linhas
vamos desabafar, de certo modo já chegamos tão perto disso.
Isso tudo tem apenas, de certo modo, uma explicação.
Eu te amo, de um certo modo, ou de outro!

9 comentários:

Vi e Ouvi Por Ai disse...

Juliana!!!! que lindo seu blog menina!!! e como vc escreve bem hein??? adorei tudo que vi por aqui... já estou te seguindo!!!

Obrigada pelo comentário lá no meu blog e seja sempre bem-vinda hehehehe...

Grande beijo e ótimo final de semana!!!!

Erica Ferro disse...

Tão pouco importa o modo quando o modo é verdadeiro.

Lel disse...

Candles at Midnight 3 pronta :)!
http://om-ga.blogspot.com/

legalmente loira... disse...

Olá,
passando para desejar a você,
um bom fim de semana,
fui pega por varias ites....sinusite,
faringite e por ai vai.estou pessima ai ai ai
volto na segunda.
beijos.

Fernanda. disse...

Quero tanto amar....
amar sem modo algum!

sarah disse...

é preciso dizer, mesmo que não tenha solução..

Duanny!. disse...

Porém amar, sempre tem duas faces!
se não tomar cuidado, uma apodrece.

=)

Carla Sampaio disse...

De um modo ou de outro vai modificando o modo de estar, ser, amar, é só assim mesmo, de algum modo.

:)

Bjo Ju

Alexandre Fernandes disse...

De um certo modo ou de outro sempre amamos.

=)

Beijos.