terça-feira, 11 de maio de 2010

nota de rodapé.

Ontem, sentada em meu canto, pude ver várias formas do amor morrer!
Contando as estrelas nomeei todas as vezes que eu suspirei por você!
eu estive fingindo todo esse tempo, oscilei entre amar e não amar.
Eu prefiro desperdiçar minha vida fingindo, a ter que te esquecer.
Podemos fingir também que os aviões que passarem aqui nessa noite...
são estrelas cadentes, e podemos também quem sabe, fazer pedidos.
Não, eu não sou cinica, é só meu lado quimica, querendo um experimento!
eu só queria ver, você entre 4 paredes. Você, que se gaba todo!
Não se trata de uma guerra é só uma raptura.
Quero ver, você andar. Quero vê você, ser mais um na minha estatistica!

22 comentários:

Beta disse...

Lindo seu texto!!!

bj

Monique Premazzi disse...

Adorei *-*
Estou cada vez amando mais vir visitar seu blog.
xx

Larisse Velozo disse...

adorei seu texto :D
'Eu prefiro desperdiçar minha vida fingindo, a ter que te esquecer.'

Viviane Magalhães disse...

pois eu prefiro esquecer, nada é tão ligado ou tão valido em nossas vidas!
Tudo se passa tudo se conforma, tudo pode acabar, não que vá, nem que não vá! Mas é a realidade.
Adorei o texto!

Evelyn Krystal disse...

Adorei seu comentário no meu blog!
gostei também do seu post, mas lembre-se que as vezes pode ser melhor esquecer, por mais dificil que seja.

Beijos <33

Carla Sampaio disse...

Isso mesmo...eu bati tanto na mesma tecla que de repente ela se transformou numa realidade, convenhamos que é perfeito quando nossa teimosia se transforma em estrelas cadentes...:P
Esquecer...esqueça só a sanidade e lute, se acomodar é perder.

Malaguetta disse...

perigosa ;)
adorei =D
eu chupo

Deni Maciel disse...

lindo texto


bm romantico e sincero *-*

êta minina talntosa.

abraço e feliz dia da ameixa que parece uva passa mas tem gosto de damasco . . . e ainda colocam isso como recheio d bolo de aniversario =/

Luiza Barros disse...

Lindo o texto. ;D

Hosana Lemos disse...

'ser mais um na minha estatistica! '

não, não queria que ele fosse só uma estatística...mesmo sabendo que no fundo não passará disso!
=/

Celsina disse...

Olá! Sou dona do blog Uma Janela Secreta e vim aqui te convidar para participar dá nova promoção que está acontecendo no blog, o livro sorteado é A Fome De Íbus, de Albarus Andreos. Participa! =D Espero sua visita

Beijos!
Cel,
www.umajenelasecreta.com

Por que você faz poema? disse...

O amor morre com as formas mais bonitas.

Sarah Slowaska disse...

Ah, eu prefiro mil vezes esquecer, viu? Viver de fingimento não é comigo não, mesmo que seja em nome do amor. A realidade, para mim, tornou-se no meu lema.

Mas o texto não deixa de ter a sua beleza :) e eu adorei o cabeçalho do teu blog, adorei mesmo!

beijinhos!

Sika disse...

Que texto intenso.
Adooooro demais! haushaushaus :S
É cômico e trágico ao mesmo tempo. Rss
Sinto-me na mesma situação! hahaha

Beeeijos!

P.S.: Sobre seu comentário, eu acho que as vezes realmente não damos sinais concretos, mas sei lá.. as vezes a pessoa tb pode ser lerda de mais, ou...finge ser. =S hahaha
Eis a questão.

disse...

Maaaassa, Ju.
Mas não sei o que pensar desse ''mais um na estatistica', pq, er.. minhas estatisticas não são legais, quero mais um nao...
haha
:/

Thiara Ribeiro disse...

Fingir/fugir... faz a gente se magoar de qualquer jeito! =/

Realejo n para de tocar pq é o titulo do meu blog! ;)
E minha música prederida do Teatro!

Linda né?

;**

Karen disse...

Lembro, lembro de você sim! Desculpe a demora pra responder, mas é que andei off do blog por umas semanas.

Então, voltamos a ativa?

Tá cheia de amor, heim?!

Seja bem vinda de volta.
Beijos! ;)

sarah disse...

Podemos sim fingir, mas não por muito tempo..
pois a verdade, seja ela em sentimentos ou em palavras sempre acabam anunciando o que sentimos de verdade !


beijos querida Ju

Bill Falcão disse...

E é só uma nota de rodapé, né?
Bjoo!!

Viviane Magalhães disse...

é? poxa eu uso a palavra desculpas sempre, não que eu queira, mas eu me encontrei em um momento usurpando dela muitas vezes rs

legalmente loira... disse...

lindo texto.
so não deixe o amor morrer jamais.
bjos com carinho.

Ale Sbano disse...

adoro ler seus textos,pois são escritos d forma diferente.
eu também fico com medo de esquecer uma pessoa que não está comigo,mas os momentos vividos foram tão legais..