sexta-feira, 21 de maio de 2010

No fim do temporal

As verdades que um dia eu tentei esquecer. Foram incertas!
Eu tentei fazer de tudo pra poder não me perder. Mas nada importa!
Passo o tempo acordado sem saber o que fazer. Nas horas certas!
Meu silêncio não acaba e eu tenho medo de viver.

Não sei, o que pode acontecer. No fim do temporal!
Pensei, que se eu contasse as horas pra dizer. Não haveria solidão.

Agora vejo que o tempo me ensinou, e os contra-tempos não vão mais achar,
algum espaço que me faça desistir ou me enganar.
Se o meu silêncio me consome, vou tentar não mais deixar.
E se você não hesitar palavras pra me iludir ou me enganar.

todos os momentos me consomem agora, sei que não foi bom.
todo esse tempo me fez capaz de deter e evitar.

NÃO MAIS!
Por todo esse tempo me diz capaz e tentei evitar.

[Recebi essa música de um amigo, acho que tem tudo a ver com esse meu momento]

2 comentários:

Sarah Slowaska disse...

Gostei muito da letra! Me identifiquei bastante.
A vida é uma escola, o tempo ensina :)

Beijos!

Doce Nostalgia disse...

nossa gostei muito da letra *-*

amo musicas que me inspiram ^^

Beijos moça, bom domingo!!!!