quarta-feira, 19 de maio de 2010

Só de querer.

Eu quero provas mais concretas de que eu posso confiar.
Eu quero problemas desleais pra você me contratar.
Eu quero danos menos morais, pra que eu não desista.
Eu quero falta de luz, pra chamar o eletricista
Eu quero planos mais sarcasticos, pra que eu não trema.
Eu quero gotas de cristal, pra que eu não sinta pena.
Eu quero trama mais real, pra que eu não sinta, falta!
Eu quero fadas no varal, pra que eu não mate a esperança.
Eu quero orvalho no quintal, pra que eu não sabote uma mudança.
Eu quero ideias primitivas, pra que eu possa renascer.
Quero amor, do seu jeito, pra que eu possa adormecer.

15 comentários:

Rívia Petermann disse...

Oi
Gritar é bom :)

Obrigada pela visita...
Quanto ao seu comentário,normal não concordar,e eu não estranharia se apresentasse seus argumentos,ainda que eu discordasse,afinal, o blog está aberto às crpiticas.Aliás qu gostaria de saber seu ponto de vista....


Quanto à Jesus,eu não tive a intenção de converter cristãos em ateus,pelo contrário!Apoio quem tem a sua própria crença,sem querer que as pessoas mudem pela exposição dessa.O que eu quis dizer é que a maioria das pessoas nunca pensam sobre isso,aceitam,apenas,e ás vezes nem ao menos se sentem bem.Quando pergunta-se a um cristao 'quala história da sua religião e pq vc a exerce',a maioria não sabe responder.É disso que eu discordo.


E não sou a favor de pedrões,como o próprio nome do blog diz,divergências.Sou a favor de valores,feitos através da realidae que presenciamos e sentimos.Padrões de beleza?Cada um tem a sua beleza,e abaixo os seus padrões.Falo da beleza cotidiana.

Mas não acredito no retorno de Jesus,nem mesmo no 'homem'.Mas respeito a crança alheia.E não acredito que alguma idolatria seja errada quendo se sente motivos para isso e tal te eleva à sua concepção de divindade,Para mim,as palavras de Clarisse Lispector são mais que palavras.Creio,acima de tudo,na autenticidade,Utopia,talvez...

E espero que apesar das contradições,possamos sinceramente nos entender...Respeito muitíssimo suas concepções,de verdade...

Abraços

SAL disse...

Sisteeeer, que tudo esse seu texto!!!

Eu adoro o que eu já tenho, mas, não acomodada que sou (insatisfeita, será?), quero tanta coisa... e tudo de uma vez... quero que dê certo... quero que fique pronto... quero que seja sincero... quero ir hoje... quero amar, brigar e fazer as pazes... quero dançar... quero "namorar na almofada e dormir bem"...

E essa minha mania de tanto querer, acabo não tendo tempo de fazer nem a metade do que deveria para que tudo aconteça como quero! :o (sou mesmo uma imprestável viu?! pelo menos, consciente! hehehe)

Agora vou me concentrar mais no "eu quero que dê TEMPO!"

Obs.sentiu o drama do meu quase namorado né?! pior amiga... fui apresentar ele pra um amigo que encontrei no cinema, né?! ai falei, "oi amigo... esse aqui é o Fulano... meu CONTATO (hehehe)"

Siiiiiiis... pense que deu uma confusão dos infernos! o quase namorado não gostou de ser entitulado de "contato" não! :o

Deus q é maior! Só me topo com imprestáveis!! hehehehe

bjooooo

Lel disse...

Valheu por visitar...
Valheeu mais ainda por comentar *--*!
A continuação já está lá, se quiser ver.
Beijin

Lel disse...

Ah, e amei seu poema.
Eu tenho uns: escoltadepalavras.blogspot.com ^-^!

Sarah Slowaska disse...

Eu também quero, também quero, também quero. Eu quero não precisar querer mais :)

Um beijooo!

disse...

Eu também quero Juuuu... Comofaz?
AHAHAHAHA

Adorei o jogo de versos. Tá ecoando na minha cabeça agora, um grupo de 'eu quero's'' hahaha

beijos, moça

shaaa disse...

quero um dia crescer e escrever como você!!

muuuuiiito bom!!


beeijo

Alexandre Fernandes disse...

A gente quer tantas coisas.
Detalhes e momentos que nos tornem mais alegres e confiantes, mas ´cientes da vida ao redor, do que é essencial, o que ensina, o que exige e o que nos dá.

Queremos isso. Isso tudo que nos faz ser o que somos.

Beijos Ju.
=)

sarah disse...

também quero tantas coisas,
mas dá pra buscar sim.
basta correr atrás !

Desabafando disse...

Muito criativa, adorei o texto.

Bia Carvalho disse...

Gostei do blog, do texto.
é ótimo querer, melhor ainda quando obtemos, mas o mais complicado nas pessoas é que quanto mais tem, mais querem.,

Nunca estamos satisfeitos.
- e falo por mim -
Parabéns.

[ a Janis dá uma luz surreal ao seu blog ]

Paz.

Larissa disse...

Também quero, quero tudo, principalmente o amor de um certo alguém para me fazer adormecer, de preferência nos braços dele. rs Mas o "querer não é poder". Mesmo que não seja, não custa a gente sonhar um pouquinho, né?! rs.

Um beijo.

Enrique Coimbra disse...

Eu quero.

Gostei bastante do jogo e senti algumas analogias. Ficou super. E que bom que voltou, né? ._. AHUAHAUHAUHA

legalmente loira... disse...

olá amiga,
que espetaculo!!
sera que um dia vou ser assim como você hahahaha esta longe isto hahaha.
texto perfeito.
mas pelo menos pode fazer um clik da minha pessoa rsrsrs
linda noite.
bjos com carinho.

Carla Sampaio disse...

" Mas muito pra mim é tão pouco, e pouco é um pouco demais, viver tá me deixando louca, não mais do que sou capaz, gritando pra não ficar rouca, em guerra lutando por paz, mas muito pra mim é tão pouco e pouco eu não quero mais... "

Estava ouvindo e lembrei de você.

bjw